Como e por que criar uma instalação amigável para pessoas neurodivergentes?

Neurodivergente - DoctoraliaA neurodiversidade é um conceito que tem ganhado popularidade e importância nos últimos anos. Estima-se que até 20% da sociedade se enquadre nesse espectro, o que significa que uma em cada cinco pessoas que visitam sua clínica pode ser neurodivergente. Entender melhor esses princípios pode ajudar na comunicação eficaz com os pacientes e introduzir inovações que melhoram o atendimento de pacientes neurodivergentes.

O que é neurodiversidade?

A neurodiversidade é um termo que pressupõe a diversidade no desenvolvimento e funcionamento dos cérebros humanos em várias esferas, como:

  • Aprendizagem;
  • Foco da atenção;
  • Humor;
  • Comunicação com os outros.

Outras funções mentais 

Esse conceito se opõe à ideia de que todo transtorno do desenvolvimento neurológico é naturalmente patológico. Pessoas neurodivergentes são simplesmente diferentes das pessoas "neurotípicas", e as barreiras sociais são o principal fator que causa sua deficiência.

O espectro da neurodiversidade inclui, mas não se limita a:
  • Espectro do autismo;
  • TDAH;
  • Dislexia;
  • Discalculia;
  • Dispraxia.

Também se discute a expansão desse conceito para outras pessoas cujos sistemas neurológicos funcionam de maneira diferente dos neurotípicos. Em 2023, aumentou o número de pessoas que recebem um diagnóstico correto dentro do espectro da neurodiversidade.

Isso eleva a conscientização sobre a acessibilidade e a demanda por soluções que facilitem o funcionamento dessas pessoas. Esse movimento está alinhado com o modelo social da deficiência, que sugere que, em vez de tentar eliminar completamente a deficiência, é mais benéfico remover barreiras sociais, digitais, comunicacionais e administrativas.

Neurodivergente - Doctoralia

Paciente neurodivergente, ou seja, quem?

Um paciente neurodivergente pode ser uma pessoa com transtorno do espectro autista (TEA), transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH) ou outras características discutidas anteriormente. Como a neurodiversidade é um espectro, suas dificuldades podem variar em intensidade e forma.

Pessoas com TDAH frequentemente enfrentam problemas com a lembrança de horários de consultas, dificuldades em agendar novas consultas, memorização de instruções e recomendações, além de perder documentos e receitas.

Por outro lado, pessoas com autismo que procuram aconselhamento médico podem enfrentar desafios como a superestimulação por estímulos em salas de espera lotadas e dificuldades na comunicação verbal com outras pessoas (médicos, recepcionistas).

Um problema universal é encontrar o médico adequado, como um psiquiatra para diagnosticar TDAH ou autismo. Pessoas neurodivergentes muitas vezes precisam buscar um médico fora de sua cidade ou até mesmo do seu estado.

Pacientes, neurodivergentes ou não, buscam soluções acessíveis e adequadas às suas necessidades.

O rápido desenvolvimento da acessibilidade digital também alcançou a área da medicina. Soluções que aumentam a conveniência para pacientes neurotípicos, como agendamento online ou telemedicina, também beneficiam pacientes neurodivergentes. Além disso, há um foco crescente na comunicação empática entre pacientes e funcionários das instalações médicas, onde os visitantes esperam um atendimento profissional voltado para suas necessidades específicas.

👉 Leia mais: 4 ferramentas para melhorar a comunicação com os pacientes.

Por que vale a pena?

Atendendo às expectativas deste grupo de pacientes, você:

✅ Aumenta a eficácia do tratamento;
✅ Reduz o número de faltas nas consultas;
✅ Melhora as experiências dos pacientes neurotípicos e seus cuidadores, aumentando seu conforto;
✅ Melhora a eficiência do trabalho da equipe e da clínica;
✅ Constrói uma imagem de uma instalação amigável e moderna para os pacientes.

Neurodivergente - Doctoralia

Como tornar seu consultório amigável para pessoas neurodivergentes?

Você pode atender às expectativas dos pacientes neurodivergentes, facilitando ao mesmo tempo o agendamento para pacientes neurotípicos. Esses objetivos podem ser alcançados utilizando soluções e ferramentas já disponíveis no mercado. Conheça suas principais vantagens e como implementá-las no consultório ou na clínica médica. Estas incluem:

  1. Soluções de telemedicina;
  2. Agendamento online;
  3. Lembretes de consultas;
  4. Ferramentas de comunicação online com o paciente;
  5. Pedido de receitas.


Discutimos esses pontos em detalhes abaixo. 👇

1. Telemedicina

A pandemia trouxe uma revolução na telemedicina, permitindo que pacientes recebam orientação médica sem sair de casa e, muitas vezes, sem longas esperas. Isso é especialmente benéfico para pessoas neurodivergentes, que frequentemente enfrentam desafios para obter cuidados adequados.

A telemedicina oferece suporte eficaz em condições confortáveis, evitando viagens custosas e reduzindo o estresse das visitas tradicionais. Para indivíduos com autismo e TDAH, que são sensíveis a estímulos sensoriais, essa opção torna o atendimento médico menos exaustivo.

Esses pacientes frequentemente necessitam de cuidados regulares devido a distúrbios comórbidos, mas enfrentam barreiras significativas, como dificuldade para sair de casa, organizar visitas, e a distância até clínicas especializadas. A telemedicina facilita o acesso ao tratamento, especialmente em áreas com poucos especialistas em neurodiversidade.

A telemedicina permite que pessoas neurodivergentes consultem diversos especialistas, como neuropsicólogos, terapeutas da fala e psicólogos, sem sair de casa. Isso melhora significativamente a qualidade de vida e a acessibilidade aos cuidados médicos, proporcionando um suporte mais adequado e abrangente.

👉 Leia mais: Saiba o indispensável para oferecer o melhor suporte à distância.

2. Agendamento online

O agendamento online está se tornando padrão na área médica. Essa ferramenta prática também podem ajudar pessoas neurodivergentes a acessar cuidados médicos de forma mais fácil, permitindo que organizem melhor seu tempo e melhorem a saúde mental de cuidadores e pacientes.

A agenda disponibilizada online pelas clínicas permite que pacientes neurodivergentes controlem suas consultas e agendem novas visitas digitalmente. Isso é especialmente útil para aqueles com dificuldades de comunicação verbal, pois podem planejar visitas com antecedência, reduzindo o estresse e a incerteza de falar por telefone.

A forma visual da agenda facilita a organização das consultas, evitando conflitos com outros compromissos. Isso também ajuda a diminuir as ausências nas consultas, beneficiando tanto os pacientes quanto a clínica.

A capacidade de gerenciar cuidadosamente o próprio tempo e entender quando precisam de ajuda é fundamental para que os pacientes adquiram independência e autonomia. Ao disponibilizar o agendamento online, a clínica apoia essas atitudes e, em alguns casos, também alivia a carga dos cuidadores.

👉 Leia mais: Sistema de agendamento de consultas: por que ter e como escolher o ideal para o centro médico.

3. Lembretes de consultas

Lembretes de consultas são essenciais para aumentar a acessibilidade aos serviços médicos para pessoas neurodivergentes, como aquelas com TDAH, autismo ou transtornos de humor. Esses indivíduos frequentemente têm dificuldades em organizar seu tempo, o que pode resultar em faltas importantes a consultas médicas. Os lembretes ajudam a prevenir o agendamento duplo e o esquecimento de compromissos, facilitando o acesso ao tratamento necessário.

Graças aos lembretes, que podem ser enviados por SMS, WhatsApp ou e-mail, os pacientes recebem notificações sobre consultas futuras, o que facilita o planejamento e a presença nas consultas. Essa solução simples melhora a saúde dos pacientes e garante a continuidade do tratamento, aumentando o engajamento no processo terapêutico.

Além disso, lembretes de consultas beneficiam cuidadores de pessoas neurodivergentes, ajudando-os a manter seus dependentes organizados e cientes das visitas médicas. Lembretes automáticos também reduzem faltas, problema comum devido à dificuldade de organização, trazendo grandes benefícios tanto para os pacientes quanto para as clínicas.

👉 Leia mais: Confirmação de consultas: importância e passos iniciais.

4. Ferramenta de comunicação online com o paciente

Ferramentas de contato com o paciente antes e depois das consultas são cruciais para ajudar pessoas neurodivergentes a se prepararem melhor para visitas médicas, evitando surpresas desagradáveis. Para os especialistas, esses recursos permitem coletar informações detalhadas e esclarecer dúvidas antes da consulta, economizando tempo e tornando a visita mais eficiente.

A função de enviar informações após a consulta é inestimável. Pacientes valorizam receber um resumo da consulta, especialmente útil para aqueles com TDAH, ajudando a compreender e lembrar as recomendações médicas. Isso também beneficia quem tem dificuldades em processar instruções verbais e manter a atenção, reduzindo ligações para a clínica e melhorando a qualidade do atendimento.

👉 Leia mais: Como fidelizar o paciente com uma comunicação assertiva.

5. Pedidos de receitas

As prescrições eletrônicas trouxeram uma revolução na medicina, eliminando a necessidade de prescrições em papel e facilitando a compra de medicamentos. Isso permite a continuidade do tratamento sem a necessidade de visitas físicas para renovar receitas, economizando tempo tanto para pacientes quanto para médicos.

Esta função aumenta a acessibilidade para pessoas neurodivergentes, permitindo a rápida renovação de receitas em caso de esquecimento ou perda de medicamentos, crucial para pessoas com TDAH que frequentemente enfrentam desafios na gestão de seus medicamentos.

👉 Leia mais: 6 vantagens de adotar um software médico para prescrever exames e medicamentos.

Conclusão

Criar um ambiente acolhedor e acessível beneficia não apenas pessoas neurodivergentes, mas também melhora significativamente a eficácia do tratamento. Além disso, traz várias vantagens para outros grupos de pacientes e para todo o ecossistema da clínica. Portanto, vale a pena implementar ferramentas que beneficiem a todos, garantindo a melhor qualidade de cuidados médicos.

Quer descobrir como a Doctoralia pode impulsionar a eficiência da sua clínica e proporcionar uma experiência ainda melhor aos seus pacientes? Entre em contato: